quarta-feira, 8 de agosto de 2012

LENÇOIS MARANHENSES - ARTESANATO EM BURITI


 Uma viagem aos Lençóis Maranhenses é uma experiência inesquecível.
Parece chavão de agência de turismo, mas é a pura verdade.  Acho que no Brasil inteiro não há lugar que congregue paisagens geográficas e humanas tão diversas.  
Da modernidade das largas avenidas de beira-mar em São Luiz, aos casebres de palha dos arredores e cidades interioranas; das dunas imensas que lembram desertos de outras plagas às lagoas no meio delas, de todas as cores e formas; dos trechos de terra seca, a caminho do Parque aos rios caudalosos e quase amazônicos; da população metropolitana antenada com o moderno ao caboclo e ao quilombola do entorno dos Lençóis, tudo nos dá idéia de grandiosidade, num estado grandioso, embora sofrido com seus acachapantes índices de IDH, objeto de debates de toda ordem que não nos cabe nesse pequeno expaço explorar.  
Aqui o que exploramos é a beleza simples e pura de uma região rica de paisagens, com um céu de azul intenso, que nos faz esquecer a chamada civilização e nos deixa com vontade de ficar por lá, vivendo aquela vida simples e natural do lugar, pontuada por uma gastronomia saborosa e imagens de tirar o fôlego. 

Afora as fotos que aqui vão postadas, montei esse pequeno vídeo, resumindo visita que fizemos à comunidade de Marcelino, mostrando as mulheres ocupadas com seu artesanato em palha de buriti, uma arte colorida e delicada, tudo pontuado por passeios pelos rios da região de Barreirinhas, portal de entrada dos Lençóis Maranhenses. 
Curtam e não percam a primeira oportunidade que tiverem de ir até lá. Garanto que jamais vão esquecer aquele pedaço tão lindo do Brasil !

2 comentários:

  1. Ivanildo Teixeira Silva13 de agosto de 2012 08:52

    parabens pela materia e por nos mostrar coisas tao maravilhosas oue tem nesse brasil afora, fico muito feliz por saber que tem pessoas como voce para mostrar um pedacinho desse brasil, maranhao lugar muito lindo e bom para passar umas ferias com a familia obrigado, meu nome e Ivanildo Teixeira da Silva nos encontramos em uma festa em boa viagem nos 15 anos da sua subrinha e eu falei do meu irmao Davi Teixeira

    ResponderExcluir
  2. CaRO iVANILDO, prazer imenso "revê-lo" por aqui ! Lembro bem dessa tarde, no aniversário da Maria Helena, sim. e que vc me falou do seu irmão poeta cordelista. Abraço forte e apareça sempre..

    ResponderExcluir